Home » Informação » Rússia vai deixar a Estação Espacial Internacional

O país irá abandonar as operações a partir de 2024

A Rússia não vai mais participar das operações da Estação Espacial Internacional (ISS) a partir de 2024. O anúncio foi feito nesta terça-feira, 26, durante uma reunião entre o presidente Vladimir Putin e o chefe da agência espacial da Rússia, Yuri Borisov.

A decisão rompe com uma tradição de manter a cooperação espacial com o Ocidente, mesmo em momentos de tensão política, e está ligada à guerra na Ucrânia.

“É claro que cumpriremos todas as nossas obrigações com nossos parceiros, mas a decisão e a saída desta estação após 2024 foram tomadas”, afirmou Borisov, segundo a agência de notícias Tass. A saída da ISS ocorrerá de forma coordenada e pacífica.

A estação espacial é administrada em conjunto pelas agências da Rússia, dos EUA, da Europa, Japão e Canadá. A primeira peça foi colocada em órbita em 1998, e o posto avançado foi continuamente habitado por quase 22 anos. Ele é usado para realizar pesquisas científicas em gravidade zero e testar equipamentos para futuras viagens espaciais. A construção e o lançamento foram tidos como um símbolo do final da Guerra Fria.

A diretora da estação espacial da Nasa, Robyn Gatens, disse hoje que a intenção dos russos ainda não foi comunicada, conforme exigido pelo acordo intergovernamental da estação. “Nada oficial ainda”, afirmou Gatens à agência de notícias Reuters. “Nós literalmente acabamos de ver isso também. Não recebemos nada oficial.”

 

Fonte: R7 – Revista Oeste Foto: NASA Imagery/Pixabay

Eu Quero a Record TV