Home » Informação » Pegadas gigantes de dinossauro são reveladas após seca em rio nos EUA

Rastros pertencem aos répteis Acrocanthosaurus e Sauroposeidon, que viveram há 113 milhões de anos

Uma seca no estado americano do Texas secou o leito de um rio que atravessa o Parque Estadual do Vale dos Dinossauros e revelou pegadas de répteis gigantes que viveram há 113 milhões de anos, anunciou um funcionário na última terça-feira (23)

Imagens divulgadas no Facebook mostram pegadas de três dedos que descem pelo leito de um rio seco. Trata-se de “um dos mais longos conjuntos de pegadas de dinossauro do mundo”, diz a legenda

Stephanie Salinas Garcia, do Departamento de Parques e Vida Selvagem do Texas, explicou que a seca os tornou visíveis: “Devido às condições excessivas de seca no verão passado, o rio secou completamente na maioria dos lugares, o que permitiu que mais pegadas fossem descobertas no parque. Em condições normais do rio, essas pegadas novas ficam sob a água e geralmente estão cobertas por sedimentos”.

A maioria das pegadas recém-reveladas corresponde ao Acrocanthosaurus, de 6.350 kg quando adulto e cerca de 4,5 metros de altura

Outro dinossauro, o Sauroposeidon, também passeou pelo parque. Ele tinha 18 metros de altura e pesava 44 toneladas

Localizado a sudoeste da cidade de Dallas, o parque ficava à beira de um antigo oceano e os dinossauros deixavam suas pegadas na lama, segundo seu site. Estão previstas chuvas, o que voltará a cobrir as pegadas

“Embora em breve elas vão ser novamente enterradas pela chuva e pelo rio, o Parque Estadual do Vale dos Dinossauros continuará protegendo essas pegadas de 113 milhões de anos, não apenas para esta geração, mas também para as gerações futuras”, ressaltou Stephanie

 

Fonte: R7 – AFP Foto: Reprodução Facebook/Dinosaur Valley State Park – Friends

Eu Quero a Record TV