Home » Informação » O que se sabe sobre o autor do ataque que matou alunos e professores em escola do Texas

Salvador Ramos atirou contra crianças de 10 e 11 anos que estavam dentro da sala de aula sem uma motivação clara

O ataque na escola primária de Robb, na cidade de Uvalde, no Texas, deixou 19 alunos e duas professoras mortas. O autor foi identificado como Salvador Ramos, de 18 anos, que era um cidadão americano de origem latina.

Segundo o senador Roland Gutierrez, as armas usadas no massacre foram compradas legalmente por Salvador no dia de seu aniversário de 18 anos. Ele comprou dois fuzis e postou um foto em seu perfil no Instagram, mas a polícia afirma que ele também usou um revólver para atirar.

Antes de partir para a escola onde ocorreu o massacre, o autor realizou os primeiros disparos contra a própria avó. A senhora foi socorrida e encaminhada para o hospital em estado grave. Ela é a principal testemunha do caso e agora o avô está sendo procurado.

Na sequência, Salvador dirigiu até a escola Robb, bateu o veículo nos arredores do prédio, quebrou uma janela e entrou no local onde mataria crianças de 10 e 11 anos e duas professoras que tentaram proteger os alunos. Todos estavam em aula quando o ataque começou.

 

Vida escolar

A motivação do crime ainda é incerta e está sendo investigada pelas autoridades locais. O que se sabe até agora são algumas informações da vida escolar do jovem que podem ter motivado o ataque.

De acordo com o governador do Texas, Greg Abbott, o diretor da escola de ensino médio de Uvalde confirmou que o jovem foi aluno da instituição.

Colega de classe disseram à CNN que ele era vítima de bullying, quando uma pessoa é alvo constante de violência física e psicológica, e que raramente assistia às aulas.

Outro conhecido contou que ele sofria com brincadeiras que envolviam o estado de suas roupas e afirmou que sua família passava por dificuldades financeiras.

Em outros casos semelhantes nos EUA, o objetivo do ataque era se vingar dos autores das agressões sofridas na escola. No entanto, ainda não foi encontrado o motivo para matar tantas crianças.

A gerente de uma loja da rede de lanchonetes Wendy’s confirmou às autoridades locais que o autor do ataque era funcionário, mas não há mais informações sobre o jovem no ambiente de trabalho.

 

Fonte: R7 Foto: SOCIAL MEDIA / AFP

Eu Quero a Record TV