Home » Informação » Liziane Gutierrez recebe ameaça de morte após postar foto em cima de tanque da Rússia

Soldado russo enviou foto para a modelo em que aparece segurando uma faca; brasileira está na Ucrânia como voluntária mas é acusada de tirar proveito do conflito

A modelo brasileira Liziane Gutierrez recebeu uma ameaça de morte por parte de um soldado russo na última quarta-feira (1), após postar uma foto em suas redes sociais em que aparece em cima de um tanque de guerra da Rússia destruído, durante seu trabalho voluntário na Ucrânia.

Segundo a modelo, o soldado a enviou uma foto em que segurava uma faca e disse que iria “achá-la”. A foto permaneceu publicada por apenas cinco minutos, mas o tempo foi suficiente para que ela recebesse várias provocações e ameaças de usuários do mundo inteiro.

Entretanto, Liziane continua postando vídeos em que aparece subindo em tanques de guerra. Ela compartilhou com seus seguidores que o local parece “um cenário de filme de guerra”.

Segundo a brasileira, os tanques de guerra apareceram durante sua viagem para Bucha, uma das cidades ucranianas mais devastadas pela invasão russa. Os veículos estavam marcados com a letra “Z”, símbolo que aparece nos tanques pró-Rússia.

“Eu tirei uma foto que todos na Ucrânia estavam tirando também”, explicou. “Tudo o que fiz foi minimizado por causa de uma foto.”

Apesar de seu trabalho voluntário, Liziane está sendo acusada de tirar proveito do conflito brutal para promover sua imagem no Instagram. Ela nega as acusações dizendo que acha importante mostrar a realidade no país e que também sempre tenta mostrar seu trabalho e as pessoas que recebem sua ajuda.

Agora ela está a caminho de Kharkiv, no norte do país. A brasileira voltou à Ucrânia no meio do mês passado, depois de permanecer quase um mês na região, entre março e abril.

 

Fonte: R7 Foto: REPRODUÇÃO/INSTAGRAM/MONTAGEM