Home » Informação » Ex-colônia britânica planeja referendo sobre se tornar uma república

A decisão do primeiro-ministro de Antígua e Barbuda ocorreu depois da posse do rei Charles III

Antígua e Barbuda, ex-colônia do Império Britânico, deve fazer um referendo sobre se tornar uma república, depois da morte da rainha Elizabeth II. O anúncio foi feito no domingo 11 pelo primeiro-ministro do país, Gaston Browne.

Antígua e Barbuda é um dos 14 países, além do Reino Unido, que têm o monarca britânico, agora Charles III, como chefe de Estado.

“Este é um assunto que deve ser levado a um referendo para que o povo decida”, disse o premiê à rede de televisão britânica ITV News. Segundo ele, o referendo pode acontecer nos próximos três anos, mas que isso “não é um ato de hostilidade”. O anúncio ocorreu depois da cerimônia de confirmação de Charles III como chefe de Estado da nação caribenha.

Browne disse que vai promover o referendo se for reeleito no ano que vem, o que é esperado, uma vez que seu partido comanda atualmente a maioria dos assentos do Parlamento. Apesar da promessa, ele admitiu que não existe um grande clamor público para que a votação aconteça. “Acho que a maioria das pessoas nem pensou nisso”, comentou. Browne acrescentou que este “é um passo final para completar o círculo de independência e se tornar uma nação verdadeiramente soberana”.

 

Fonte: R7 – Revista Oeste Foto: Reprodução/Flickr

Eu Quero a Record TV