Home » Informação » Coreia do Sul lança com sucesso primeiro foguete espacial de fabricação própria

Veículo, chamado Nuri, conseguiu atingir 700 quilômetros de altura e levou satélites ao espaço

A Coreia do Sul anunciou nesta terça-feira (21) que havia lançado o primeiro foguete espacial de fabricação nacional e colocado a carga útil em órbita, em um “passo gigante” para o país asiático em suas aspirações espaciais. O Veículo de Lançamento Espacial Coreano II, chamado Nuri, decolou da estação de lançamento de Goheung às 7 horas GMT (3 horas no horário de Brasília), deixando para trás uma grande nuvem de fumaça

Todos os estágios do foguete funcionaram e ele conseguiu atingir o objetivo de 700 quilômetros de altura e lançar um satélite de verificação de função em órbita, informou Seul. O programa espacial da Coreia do Sul “deu um passo gigante”, disse Lee Jong-ho, ministro da Ciência e Tecnologia, que chamou a missão de um sucesso

“A Coreia do Sul se tornou a sétima nação do mundo a lançar um veículo espacial com tecnologia nacional”, disse ele. O governo continuará trabalhando para transformar o país em uma “potência espacial”, acrescentou. Seul lançará um orbitador lunar em agosto, afirmou o ministro. O lançamento desta terça-feira (21) ocorre oito meses depois que outra operação não foi concluída com sucesso

Em outubro, todas as três etapas do lançamento foram bem-sucedidas e o foguete também atingiu uma altura de 700 quilômetros. A carga útil de 1,5 tonelada também foi destacada com sucesso, mas o satélite fictício não pôde ser posto em órbita

No teste desta terça-feira, além do satélite simulado, Nuri trouxe consigo um satélite de verificação de desempenho de foguete e quatro satélites small cube desenvolvidos por quatro universidades locais para pesquisa

Esse foguete de três estágios foi desenvolvido ao longo de uma década a um custo de 2 trilhões de wons (R$ 8,3 bilhões). Ele pesa 200 toneladas, tem 47,2 metros de comprimento e seis motores de combustível líquido. Na Ásia, os países com programas espaciais avançados são China, Japão e Índia, enquanto a Coreia do Norte foi a última a entrar no grupo de Estados capazes de lançar os próprios satélites

A Coreia do Sul se tornou o sétimo país — sem incluir a Coreia do Norte — a lançar com sucesso uma carga útil de 1 tonelada em seus foguetes. O programa espacial de Seul teve altos e baixos. Seus dois primeiros lançamentos, em 2009 e 2010, com parte de tecnologia russa, acabaram fracassando

O segundo explodiu dois minutos depois de estar no ar, um fiasco pelo qual Seul e Moscou se recriminaram reciprocamente. Em 2013, o teste foi realizado com sucesso, mas em sua primeira fase ainda incluía tecnologia russa

“O fato de que agora temos nosso próprio foguete espacial significa que podemos testar e verificar a tecnologia necessária para projetos de exploração espacial no futuro”, disse Bang Hyo-choong, professor de engenharia espacial do Kaist (Instituto Avançado de Ciência e Tecnologia da Coreia)

O país planeja realizar mais quatro lançamentos desse tipo até 2027. O sucesso desta terça-feira parece abrir caminho para a Coreia do Sul avançar em suas ambições espaciais, como seu projeto de pousar uma sonda na Lua até 2030

 

Fonte: R7 – AFP Foto: Reuters – 21.06.2022

Eu Quero a Record TV