Home » Informação » Constituição original dos Estados Unidos será leiloada e venda é estimada em R$ 154 milhões

Existem apenas dois exemplares sob propriedade privada, sendo uma delas comprada em 2021 por mais de R$ 221 milhões

A casa de leilões Sotheby’s anunciou que um exemplar original da Constituição dos Estados Unidos de 1787 será leiloado em dezembro com um preço estimado em 20 a 30 milhões de dólares (entre cerca de R$ 102 milhões e R$ 154 milhões), um ano após a venda de outro exemplar da Carta Magna adquirida por 43 milhões de dólares (mais de R$ 221 milhões).

O texto, assinado no estado da Filadélfia em 17 de setembro de 1787 pelos “pais fundadores” dos Estados Unidos, entre eles George Washington, Benjamin Franklin e James Madison, está em propriedade privada, assim como a que foi vendida pela Sotheby’s em Nova York em novembro de 2021.

Richard Austin, especialista em manuscritos e livros antigos da casa de leilões de Nova York, disse à AFP que “gostaria que outro indivíduo ou grupo ficasse responsável pela preservação deste documento tão importante”.

Austin espera que o documento chegue a US$ 20-30 milhões na venda de 13 de dezembro, no mínimo. A partir de 4 de novembro, será exposto na casa de leilões.

Segundo a Sotheby’s, de propriedade do milionário franco-israelense Patrick Drahi, apenas 13 exemplares da primeira edição da Constituição dos EUA são conhecidos. Estima-se que 500 foram impressos na época.

Dos 13, 11 estão em instituições ou museus e dois estão em mãos de particulares.

O exemplar vendido há um ano, que pertencia à colecionadora americana Dorothy Tapper Goldman, foi comprado pelo milionário Kenneth Griffin, por 43,2 milhões de dólares para emprestá-la gratuitamente a um museu do Arkansas.

 

Fonte: R7 – AFP Foto: TIMOTHY A. CLARY/AFP – 31.10.2022

Eu Quero a Record TV