Home » Informação » Chefe do Estado Islâmico na Síria morre em ataque de drone dos EUA

Maher al-Agal foi atingido enquanto pilotava uma motocicleta perto de Jindayris; outro suposto terrorista também está ferido

O líder do grupo jihadista Estado Islâmico na Síria morreu nesta terça-feira (12) em um ataque feito por um drone das forças americanas, o Pentágono confirmou à AFP.

Maher al-Agal foi atingido enquanto pilotava uma motocicleta perto de Jindayris, na Síria. Um de seus principais assessores está gravemente ferido, disse o tenente-coronel Dave Eastburn, porta-voz do Comando Central do Departamento de Defesa.

O Observatório Sírio para os Direitos Humanos, uma fonte de referência na região, confirmou que Agal foi morto em um ataque de drone.

A Força de Defesa Civil da Síria informou que uma pessoa morreu e outra ficou ferida em um ataque contra uma motocicleta nos arredores da cidade de Aleppo, mas não identificou as vítimas.

Haviam poucas informações disponíveis sobre Agal, a quem o Observatório chamou de governador do Estado Islâmico para o Levante.

O ataque ocorreu cinco meses após um ataque noturno americano na cidade de Atme, norte da Síria, que resultou na morte de Abu Ibrahim al-Qurashi, líder do Estado Islâmico.

Na época, autoridades americanas disseram que Qurashi morreu após detonar uma bomba para evitar sua captura.

 

Fonte: R7 – AFP Foto: RAMI AL SAYED/AFP – 12.7.2022

Eu Quero a Record TV