Home » Destaque » Joe Biden anuncia planos para combate à Covid no inverno

Presidente reforçou a importância da vacinação e destacou que o país deve enfrentar a doença com a ciência e não com o pânico

Joe Biden, anunciou na tarde desta quinta-feira (2) um plano de combate à Covid-19. Segundo o mandatário, o governo não planeja medidas restritivas, mas sim um plano amplo de vacinação da população.

Biden iniciou o pronunciamento destacando que 110 milhões de americanos estão aptos a tomar a dose de reforço da vacina e devem procurar um dos 80 mil postos de imunização espalhados pelo país. Para o presidente, apenas a união da população poderá superar a pandemia.

“Nós temos as melhores ferramentas, melhores vacinas, melhores médicos […] Vamos lutar contra a nova variante com ciência e velocidade e não com caos e confusão”, destacou Biden.

Para incentivar a vacinação entre famílias, o governo dos EUA deve criar centros de imunização preparados para receber desde crianças de 5 anos até idosos — faixa etária que já alcançou mais de 86% do público-alvo.

O presidente dos EUA também prometeu que o país fará testes domiciliares para detecção de Covid-19 na população que não possui plano de saúde. Aqueles que tiverem acesso à saúde privada também poderão ser testados em casa.

Biden destacou ainda que o aumento do número de casos no inverno é inevitável, o que torna necessário reforçar as equipes médicas que trabalham na linha de frente no combate à doença.

Sob a sombra da variante Ômicron, o presidente dos Estados Unidos se comprometeu a doar 280 milhões de doses imediatamente a mais de 110 países, incluindo a África do Sul, país onde foi descoberta a nova variante do coronavírus. No total, será distribuído 1,2 bilhão de doses ao mundo todo.

O governante também anunciou que todos os viajantes que forem aos Estados Unidos precisarão apresentar um teste negativo de Covid-19 feito até 24 horas antes do embarque.

“Isso é uma pandemia e todo mundo precisa lutar junto”, concluiu Biden.

Fonte: Lucas Ferreira, do R7
Foto: MANDEL NGAN/AFP – 2.12.2021

 

Eu Quero a Record TV