O time mineiro não decepcionou e brindou a torcida com uma grande vitória em cima do Massa Bruta com o Mineirão lotado

O bicampeão brasileiro Atlético-MG não decepcionou e fez a festa da torcida para celebrar a conquista do título, ocorrida na quinta-feira (2) diante do Bahia. O Galo superou o Red Bull Bragantino por 4 a 3, gols de Hulk, Keno, Zaracho e Savarino para o alvinegro, com Ytalo e Artur (duas vezes) anotando os gols do Massa Bruta, neste domingo (5) no Mineirão, pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A partida teve estádio lotado, muita alegria do torcedor e a entrega do cobiçado troféu ao time mineiro, que chegou aos 84 pontos, tendo a segunda melhor campanha na história dos pontos corridos. O time paulista segue em sexto, com 53 pontos, ainda na briga por vaga direta na Libertadores.

Dia de festa, Galo fez seu papel

Apesar de um começo lento, de “ressaca” pela celebração do título, o Atlético conseguiu se manter concentrado, mesmo levando uma virada do Red Bull Bragantino logo no início do segundo tempo. A equipe mineira pôs ordem no jogo, aplicando 4 a 2 com merecimento.

Keno, o diferencial da reta final

Além de ter feito os gols diante do Bahia, Keno recuperou o bom futebol na reta final da competição, deixando sua marca diante do Massa Bruta. A fase do jogador anima a torcida para as finais da Copa do Brasil, diante do Athletico-PR, que se iniciam no próximo fim de semana.

Hulk, craque e artilheiro do Brasil

Preservado no primeiro tempo, o atacante entrou, mostrou ser “fominha” e fez o 19º gol no campeonato, ampliando sua liderança na artilharia da competição.

Bragantino ”vendeu caro” a derrota

Em nenhum momento o time paulista deu “mole” ao Galo, marcando o gol nos acréscimos da partida. A luta do Massa Bruta valorizou ainda mais a vitória do Atlético-MG no dia da entrega da taça.

Dia da taça. Massa em delírio

Um momento que o Clube Atlético Mineiro não poderá esquecer jamais: a paixão e fidelidade do seu torcedor que é o maior merecedor da conquista do bicampeonato Brasileiro.

Próximos jogos

O Galo encerra sua participação contra o Grêmio, na quinta-feira, dia 9 de dezembro, às 21h30, em Porto Alegre. O Red Bull Bragantino vai encarar o Internacional em casa, no mesmo dia e horário para tentar uma vaga na Libertadores.

Ficha técnica da partida

Atlético-MG 4 x 3 Red Bull Bragantino
Data: 5 de dezembro 2021
Horário: 16h (horário de Brasília)
Local: Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR)
Assistentes: Bruno Boschilia e Sidmar dos Santos Meurer (ambos do PR)
VAR: Wagner Reway (PB)
Gols: Keno, aos 19’-1ºT (1-0); Ytalo, aos 38’-1ºT (1-1); Arthur, ao 1’-2ºT (1-2); Zaracho, aos 6’-2ºT (2-2); Savarino, aos 33’-2ºT (3-2); Hulk, aos 43’-2ºT (4-2); Arthur, aos 55’-2ºT (4-3)

Cartões amarelos: Helinho (BRA), Arthur (BRA). Hulk (ATL)

Atlético-MG (Técnico: Cuca)​

Everson; Mariano, Nathan Silva (Réver, aos 45’-2ºT), Junior Alonso e Guilherme Arana; Jair (Allan-intervalo), Tchê Tchê (Alan Franco, aos 11’-2ºT), Matías Zaracho e Nathan (Savarino-intervalo); Keno e Diego Costa (Hulk, aos 11’-2ºT)

Red Bull Bragantino (Técnico: Mauricio Barbieri)

Cleiton; Aderlan, Fabrício Bruno, Natan e Luan Cândido; Emi Martínez (Praxedes, aos 37-2ºT), Jadsom e Praxedes; Artur, Cuello (Bruno Tubarão, aos 37’-2ºT) e Ytalo (Alerrandro, aos 45’-2ºT).

 

Fonte: ESPORTES | por Lance

Foto: DIVULGAÇÃO/ATLÉTICO-MG